O Outono na Serra


Há muito tempo que queria visitar a Serra da Estrela no Outono mas encontrar companhia com a disponibilidade certa nem sempre é fácil.

Por experiência própria sei que a maioria das pessoas não gosta de ir passear com um fotógrafo ou com o “nerd das fotografias”. Este tipo de pessoas param para fotografar tudo e por vezes ficam horas no mesmo local à espera da luz certa para conseguir uma fotografia que ninguém entende. A minha solução para este “problema” é combinarem viagens ou passeios fotográficos apenas com pessoas que partilhem deste mesmo vício. Desta forma ninguém se chateia se ficas meia hora a fotografar um cogumelo e até te ajudam e acabas por aprender umas coisas.

Num local onde em outros tempos haviam glaciares a descer vale abaixo por estes anos mal neva o suficiente para pintar a serra de branco e conseguir umas boas fotos de Inverno. Digo isto porque de todas as vezes que fui à Serra da Estrela no Inverno nunca consegui ver neve, é sempre uma incógnita, será que vamos encontrar neve? Sempre que oiço alguém falar na Serra da Estrela é para lá irem no Inverno “ver a neve!!”. Enfim. Para mim a beleza deste local está nas cores do Outono.

Paisagens
Serra da Estrela

Louva-a-deus

A rota das Faias


Um dos trilhos mais bonitos que se pode fazer no Outono na Serra da Estrela. Aqui as cores das folhas das Faias dos anos anteriores misturam-se com as novas de tons mais amarelados que cobrem todo o chão da mata. Como nem todas as árvores ficam amarelas ao mesmo tempo é possível fotografar na mesma imagem tons que vão do verde ao laranja.

É um trilho bastante conhecido e bem demarcado, vem publicado em muitos panfletos que encontrei em Manteigas e também é bastante fácil de encontrar informação online de como chegar, estacionar, etc. Tanto que no dia que escolhemos para lá ir o espaço para estacionar estava cheio de autocarros de excursões.


O que fotografar?

Tudo o que a Serra tem para oferecer está disponível no Outono com excepção talvez das aves que optam por voltar noutras épocas mais quentes. Em termos fotográficos dispomos de muitos motivos e muito melhor luz nesta altura que por exemplo no Inverno que muitas vezes o nevoeiro é tanto que não se vê nada. Tivemos sorte com o tempo que nos brindou com 3 dias de sol, calor e céu azul. Lembro-me de alguém se queixar que o céu estava tão azul que lhe estava a estragar as fotos das folhas amarelas das Faias.

Por esta altura já choveu o suficiente para todos os ribeiros e cursos de água terem um fluxo suficiente para encher cartões de memória só com fotos de cascatas. Insectos diferentes, lagartos de montanha ou se tiverem sorte até uma serpente são capazes de fotografar. Os amantes das macros têm neste local um autentico petisco! Cogumelos de todas as cores estão por toda a parte. Faces inteiras dos montes tem árvores de várias cores, para onde quer que se aponte a máquina há algo interessante e diferente do que eu estou habituado aqui em Lisboa.

Tudo isto que falei localiza-se cá em baixo, lá em cima no alto da Serra há todo um novo conjunto de motivos para fotografar, quer sejam paisagens, por do sol ou fotografia nocturna. Depois disso há os queijos, os enchidos e água ardente de zimbro para experimentar. Seja como for, fotógrafo ou não, ninguém se vai arrepender de visitar este local no Outono.

Paisagens
Paisagens
Paisagens
Paisagens
Serra da Estrela
ouriços por todo o lado

Calçado adequado é obrigatório


O outono é também a altura dos amantes de castanhas se empanturrarem.

Paisagens
Paisagens
Paisagens





Recent Portfolios